Resenha | A Paciente Silenciosa (Alex Michaelides)

Alicia Berenson tinha uma vida perfeita. Ela era uma pintora famosa casada com um fotógrafo bem-sucedido e morava numa área nobre de Londres que dá para o parque de Hampstead Heath. Certa noite, Gabriel, seu marido, voltou tarde para casa depois de um ensaio para a Vogue, e de repente a vida de Alicia mudou completamente…

Alicia tinha 33 anos quando deu cinco tiros no rosto do marido, e ela nunca mais disse uma palavra.

Há tanta dor em todos os lugares, e apenas fechamos os olhos para isso. A verdade é que todos estamos com medo. Temos medo uns dos outros.

A Paciente Silenciosa

São quase duas da manhã, eu acabei de ler esse livro e MEU DEUS. De certa forma, ele é o total oposto de “O Desaparecimento de Stephanie Mailer”, minha leitura anterior, mesmo usando técnicas e elementos muito parecidos. Por exemplo, em “O Desaparecimento de Stephanie Mailer” temos MUITOS detalhes da vida de CADA PERSONAGEM que aparece na narrativa, sendo eles muitos importantes para o mistério central ou não (você pode entender melhor isso na minha resenha sobre o livro). Em “A Paciente Silenciosa”, vemos detalhe a vida tanto de Alicia quanto do seu terapeuta. Não vou negar que isso estava prestes a me incomodar quando a trama se encaminhou para o clímax e poucas páginas depois, o final que me acertou em cheio.

Alex Michaelides usa uma tática muito conhecida de leitoras(es) de mistérios policiais, além de ser bem antiga. Porém, ao contrário de Joël Dicker, Michaelides sabe exatamente como conduzir isso de uma maneira tal, que você só perceba o que está acontecendo quando ele quer que você perceba. Isso torna a revelação final mais impactante e sinceramente mais triste e sinistra. O autor consegue estabelecer um vínculo entre as personagens e quem está lendo em poucas páginas. Quando você começa achar estranha, problemática ou até irritante as atitudes de determinados personagens, o livro acaba e o mistério é revelado.

Você fica cada vez mais confortável com a loucura – e não apenas com a loucura dos outros, mas com a sua própria. Somos todos loucos, creio eu, só que de maneiras diferentes.

A Paciente Silenciosa

Lendo as reviews do Goodreads, vi que muitas pessoas não gostaram do livro por ter muitos buracos. Não querendo passar um pano, mas já passando, a maioria dos mistérios têm furos. Poucos são os mistérios que conseguem se manter íntegros após uma investigação minuciosa, então sim, provavelmente existem falhas no livro. Porém eu acredito que o trabalho do autor de mistério (e fantasia também) não é exatamente produzir uma narrativa sem falhas, mas conseguir fazer com que o leitor fique tão envolvido na história que não note-as durante a leitura, e isso, Alex Michaelides faz muito bem.

Ele me lembrou muito de quando eu li “Noite sem fim” da Agatha Christie. Eu passei boa parte do livro meio que não gostando de saber da vida daqueles personagens enfadonhos e melosos, mas o final foi tão impactante e deprimente que me fez gostar muito mais do livro como um todo.

Sabe, uma das coisas mais difíceis de admitir é que não fomos amados quando mais precisávamos. É uma sensação terrível, a dor de não ser amado.

A Paciente Silenciosa

“A Paciente Silenciosa” não é o tipo de mistério do qual você sai feliz e admirado com o twist. O final mais do que surpreendente, é triste. Talvez eu tenha ficado tão impactada pois o passado das duas personagens principais foram “too close to home” pra mim, o que fez eu empatizar mais ainda e ficar muito impactada com o destino dessas personagens.

Eu super recomendo esse livro, é uma leitura rápida e creio que vai despertar algum sentimento em você, seja raiva (por não gostar do livro) ou surpresa pelo seu final impactante.

Nota:

Avaliação: 5 de 5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s